[Resenha] Divergente - Veronica Roth

2/04/2014


Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

"Vou encontrar novos hábitos, novos pensamentos, novas regras. Vou ser outra coisa."

...

Bom, conheci Divergente por indicação mesmo, na verdade eu sempre quis ler esse livro, mas nunca tinha tempo, aí eu vi que ia lançar o filme, e eu gostei do trailer e resolvi ler o livro.

Como diz na sinopse, a sociedade atual se divide em cinco facções, e quem não entra em nenhuma ou não passa pelos testes vira um sem facção, que é basicamente ser invisível.

"— Trabalhando juntas, as cinco facções têm vivido em paz há anos, cada uma contribuindo com um diferente setor da sociedade. A Abnegação supriu nossa demanda por líderes altruístas no governo; a Franqueza providenciou líderes confiáveis e seguros no setor judiciário; a Erudição nos ofereceu professores e pesquisadores inteligentes; a Amizade no deu conselheiros e zeladores compreensivos; e a Audácia se encarrega de nossa proteção contra ameaças tanto internas quanto externas.”

E é aí que você se pergunta: "Mas as pessoas já não nascem em uma facção?"
Pois é, mas quando se atinge a idade de 16 anos, você pode escolher entre continuar na facção de seus pais e família, ou tomar a difícil decisão de mudar de facção, mudando assim toda sua vida.
E é nessa parte que Beatrice Prior entra, ela tem 16 anos, e o teste de aptidão - que irá dizer em qual das cinco facções ela se encaixa - está próximo.
Mas se engana quem pensa que o teste é como uma entrevista ou algo assim, nada disso, é um teste mental, onde colocam Beatrice - ou Tris - em situações, onde dependendo de como a pessoa reagir dirá para qual facção ela se encaixa melhor.
O problema disso é que o teste de Tris dá um resultado inconclusivo - mas como assim inconclusivo? - quer dizer que ao invés de ela se encaixar em somente uma das facções, que seria o normal, ela se encaixa em três: Erudição, Audácia e Abnegação.
Isso a torna uma divergente, e ser divergente é muito perigoso, e ela é obrigada a esconder isso dos outros, e tem que fazer uma escolha: Mudar de facção ou permanecer na Abnegação.

"- Pensei que teria problemas com a garota da Franqueza perguntando demais- afirma ele friamente. - Agora tenho uma Careta na minha cola também?
- Deve ser porque você é tão acolhedor- digo diretamente. - Sabe? Quase como uma cama de pregos."
Eu particularmente amei o livro, os personagens, tudo.
Gostei das partes de ação, a autora não deixou a desejar, apesar de que ela só se isolou em Chicago, a autora não contou o que aconteceu nas outras cidades, o estilo de vida, e isso eu senti falta no livro, mas quase não interfere, pois o livro é demais.

  Protagonista 

Tris, eu simplesmente amo ela.
Sabe, ela me surpreendeu de certa forma, como ela é divergente, ela tem uma personalidade diferenciada, o que não a faz parecer tão "robótica" como as outras pessoas e facções, no começo eu senti que ela estava meio assustada com tudo isso, mas depois de mostrou corajosa e de personalidade forte, e eu amei demais ela.

  Mocinho

Bom, eu não tinha citado antes, mas tem sim um mocinho!
Quatro - sim, Quatro, como o número - é como muitos personagens que conhecemos, arrogante, sarcástico, mas ele se tornou um dos meus personagens favoritos, porque como todo o personagem, ele tem uma história por trás das atitudes.

 Trama

Divergente se tornou por enquanto a minha melhor leitura de 2014, a autora criou todo um "novo mundo", onde há facções, há um governo, e no começo eu pensei que iria ser uma leitura entediante, mas a medida que eu fui lendo, não consegui mais parar de ler até terminar, e eu amei tudo.
Ela soube colocar romance no meio do caos e acho que isso foi o que mais me fez gostar da leitura.


"Amo a Tris, a Divergente, que toma decisões independente de lealdades a facções, que não é o estereótipo de uma facção. Mas a Tris que está fazendo de tudo para destruir a si mesma… não consigo amá-la."
Pequena curiosidade:

Como eu disse antes, o filme do livro será lançado em abril, se não me engano, e vou deixar aqui o trailer e um dos cartazes de divulgação que encontrei pra quem se interessar:



Leiam, não vão se arrepender!
Beijos!

14 comentários:

  1. Simplesmente perfeito!
    O filme estreia em março nos EUA mas só em abril aqui. Que eu me lembre, até então foi a ultima noticia que tive sobre o filme. "minha melhor leitura de 2014" sabia!!! Foi a minha primeira e melhor leitura de 2013.
    Já leu insurgente? caso contrário, leia quanto antes melhor, é assim, chocante!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To muito ansiosa pra ver o filme!
      Eu ainda não li insurgente, eu recebi alguns spoilers do terceiro e meio que desanimei, mas vou ler o segundo sim!!
      Beijos!

      Excluir
  2. Eu também amo a Tris, e o Quatro nem se fala né?
    Também amei esse livro e estou louca pelo filme!

    http://cheirinhodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem não ama o Quatro e a Tris? Eles são perfeitos <3
      Estou muito louca para o filme haha
      Beijos.

      Excluir
  3. Aaaaahhh Divergente!!! Não li a resenha, flor pq estou doida pra ler esse livro. To de mudança e tá tudo encaixotado, exceto o livro que eu to lendo e o próximo que é uma parceria. Mas assim que eu voltar a ter uma estante de livros organizada, Divergente vai ser o próximo da fila.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha leia! É muito bom, eu me apaixonei <3

      Beijos!

      Excluir
  4. Olá, estou passando por aqui pra te avisar que eu te indiquei para uma TAG bem legal! http://cantinhodabuh.blogspot.com.br/2014/02/tag-arco-iris-literario.html Dá uma olhadinha e quando fizer me avise, que eu quero ver!! ;D Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Nós já fizemos essa tag, aqui o link: http://livros-com-pipoca.blogspot.com.br/2013/12/tag-3-arco-iris.html#.UvLJIfldXDs

      Mas obrigada pela indicação!

      Excluir
  5. COMO NÃO AMAR DIVERGENTE??! Hahahaha! Eu também amei o livro, favoritei com muito orgulho! Super ansiosa para o filme, ainda que não se compare ao livro.
    Ah! Te indicamos pra responder uma tag (http://bit.ly/N4NWf2)! Esperamos que você responda! Beijão!
    Sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Eu amo demais o livro e estou ansiosíssima para o filme.
      Já respondemos essa tag, mas obrigada pela indicação!
      Igualmente, beijos!

      Excluir
  6. Eu adorei Divergente! Ainda não deu para ler os outros, mas farei isso em breve! Gostei do romance meio bruto entre a Tris e o Quatro, parece que se amam mas vivem em pé de guerra kkkkkk
    Adorei a resenha!
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo, quero muito ler o segundo, eu amo esse tipo de romance, é o meu favorito haha
      Obrigada!
      Beijo!

      Excluir
  7. Quero muito ler essa série e sua resenha me deu mais vontade!
    Parabéns
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para a gente!
Deixe seu blog para que possamos retribuir a visita =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...